• Reaction Consultoria

UX - User Experience ou Experiência do Usuário e Como Ele Pode Ajudar Você!

User Experience Good

CONCEITO


O termo foi utilizado pela primeira vez por Donald Norman na década de 1990 mas seu uso cresceu nos últimos anos com o advento dos apps e consumo de sites por todos, o todo tempo e em qualquer lugar. Antes, esse consumo era restrito a estar sentado em frente a um computador, hoje as pessoas acessam a Internet de todas as formas e nos mais diferentes locais e situações, como no mercado, no carro, comendo, vendo TV, e sempre ansiando a lógica do "consumo aqui e agora" seja de um produto ou informação.


Do outro lado temos as empresas, seus sites e apps, ou melhor, temos milhões de sites para escolher, então, como os usuários escolhem um, em detrimento do outro?


E é nesse cenário que a preocupação com a Experiência do Usuário, é realmente útil para esse entendimento, e vai além de ter os requisitos mínimos, a ideia é oferecer uma experiência envolvente, agradável, satisfatória e até mesmo divertida.


Mas como isso é feito?


A partir do design da experiência do usuário, que consistem no processo que as equipes usam para criar e manter seus produtos e serviços. Isso envolve desde a aquisição, incluindo aspectos de marca, design, usabilidade e função. E embora a usabilidade e o design da interface do usuário sejam aspectos importantes nesse tema, abrange uma vasta gama de outras áreas, é uma história que começa bem antes do uso do usuário.


Os produtos que oferecem excelente experiência do usuário (por exemplo, o iPhone) são projetados não apenas com o consumo ou uso do produto, mas também com todo o processo de aquisição, propriedade e até solução de problemas.


Os métodos de design são centrados no usuário, e ajudam a garantir que a experiência geral seja ótima, a partir de um framework já conhecido em que se avalia se o produto é útil, acessível, localizável, valioso, utilizável, confiável e desejável.


Para isso, você faz perguntas como: Quem é seu consumidor? O que ele quer? Ele conseguiu? Ele navegou com facilidade? A experiência foi prazerosa? Ele usaria seu produto ou serviço novamente? Em que ambiente ele costuma usar? Entender o contexto é a chave para criar boas experiências.



Framework UX User Experience

Envolvendo os usuários durante todo o processo de desenvolvimento, em um processo de design iterativo, o feedback dos usuários é obtido em cada etapa principal do ciclo de design, garantindo que um serviço não perca seu foco no usuário final, mesmo no desenvolvimento do modelo de negócios.


O mapeamento das tarefas do usuário (atividades que um usuário fará), a criação de protótipos da interface, o teste de usabilidade e a avaliação do desempenho geral do serviço resultam em um segundo conjunto de tarefas nas quais os usuários interagem e fornecem feedback para as versões do serviço online.


Etapas específicas do ciclo podem ser repetidas conforme necessário para aprimorar o desempenho geral do produto ou serviço. De fato, o design iterativo pressupõe múltiplos compostos de design e teste em todas as fases do processo de desenvolvimento do produto, e continua depois de lançado.


Promovendo assim a melhoria continua, impulsionando a fidelidade dos clientes a longo prazo, aperfeiçoando continuamente a experiência dos produtos e serviços.


Ou seja, o UX, baseia os requisitos do produto tendo como guia o comportamento e as necessidades dos usuários, e não nos objetivos de negócios ou na disponibilidade de tecnologias específicas. Porém, isso não significa que estes devam ser ignorados. É necessário um equilíbrio cuidadoso de ambos os lados fatores.


Tendo em vista esse foco na experiência, e nosso atual mundo hiperconectado, o UX pode muitas vezes ser a diferença entre o sucesso e o fracasso de um projeto. O processo de design do UX busca o ideal da experiência do usuário com o produto e uma boa experiência é uma forma de garantir um bom retorno.



“Nenhum produto é uma ilha. Um produto é mais do que o produto. É um conjunto de experiências coeso e integrado. Pense em todos os estágios de um produto ou serviço - desde as intenções iniciais até as reflexões finais, desde o primeiro uso até a ajuda, serviço e manutenção. Faça com que todos trabalhem juntos sem problemas. ”
- Don Norman, inventor do termo "Experiência do Usuário"




Dúvida sobre o trabalho de uma consultoria? Assista o vídeo!


Referências


CHONG, M. (2004). 10. DESIGNING THE USER EXPERIENCE FOR INTERNATIONAL WEB USERS. Cultural Ergonomics e Interaction Design (https://www.interaction-design.org)

#UX #foconocliente #marketing #design #users #web

8 visualizações

© Reaction Consultoria